USAID e DFID destinam fundos a projetos de ajuda humanitária


O DFID (Departamento do Reino Unido para o Desenvolvimento Internacional) abriu chamada para projetos de ajuda humanitária que proponham soluções inovadoras e de alto custo-benefício. A iniciativa é executada em colaboração com o Gabinete da USAID para a Democracia, Conflito e Assistência Humanitária. A iniciativa apoiará vencedores da seção para Desenvolvimento de Empreendimentos e Inovação (DEI, pertencente à USAID), incluindo as áreas de tecnologia, modelos de negócios e práticas políticas. Para concorrer, os projetos devem atuar nas áreas de prevenção e tratamento da desnutrição aguda; fornecimento de abrigo seguro e moradias; apoio às comunidades para recuperar meios de subsistência; ou maior utilização de dados e monitoramento do desempenho do programa e seus impactos, entre outras.

A iniciativa busca candidatos às Fases 2 e 3 da seção DEI, através de modelo de financiamento por etapas: os candidatos que oferecerem fortes indícios de implementação bem sucedida de projetos-piloto podem se candidatar a bolsas de até US$ 1 milhão na Fase 2. Candidatos com soluções que já foram testadas com sucesso em escala significativa podem concorrer a até 15 milhões dólares na Fase 3. Os projetos selecionados pela Iniciativa Inovação Humanitária receberão assistência técnica do Centro de Skoll de Empreendedorismo Social da Said Business School da Universidade de Oxford, para as atividades de implementação e aumento de escala.

Visite www.usaid.gov/div/apply para saber mais a respeito do processo seletivo. Antes de se inscrever, os candidatos devem rever a Avaliação Anual de Programa (AAP) da seção DEI, que inclui um capítulo sobre o Projeto Inovação Humanitária. O prazo para a Carta de Intenções é 12 de abril de 2013, às 0h59 (de Brasília).