Oportunidades

Divulgados os resultados do Prêmio Juliana Santilli de Agrobiodiversidadade


Foram divulgados os resultados do Prêmio Juliana Santilli – Agrobiodiversidade – Edição 2017. A distinção homenageia Juliana Santilli, advogada socioambiental, pensadora e defensora incansável da agrobiodiversidade, que faleceu em 2015.

A premiação está dividida em três categorias: as duas primeiras premiam iniciativas ligadas à produção e ao uso da agrobiodiversidade e uma terceira premia um texto sobre o tema. No caso das duas primeiras categorias, será disponibilizado aos vencedores apoio para uma visita ou intercâmbio de experiências de agrobiodiversidade (saiba mais).

Dieese abre seleção externa para Técnico Nível II


O Dieese está com uma vaga aberta para Técnico Nível II no município de Maricá, Rio de Janeiro. O prazo para envio de currículos é dia 24 de setembro de 2017. A vaga é para jornada de 40 horas semanais e o candidato selecionado será contratado em regime de CLT pelo prazo determinado de um ano.

O local de trabalho é Maricá e o início, imediato. A seleção será feita em algumas etapas: análise de currículo, prova específica sobre micro e macro economia, conjuntura nacional, bases de dados, indicadores e análise de atividade econômica e do mercado de trabalho e movimento sindical. Há também uma prova de redação de informática. Os aprovados passarão ainda por entrevistas.

Artigo 19 oferece vaga para Chefe de Digital (Head of Digital)


A ong internacional Artigo 19 está com vaga aberta para Head of Digital, ou chefe de Digital, até dia 26 de setembro de 2017. A posição responde ao Diretor-executivo adjunto e o contrato é de um ano, renovável, para trabalho por 37,5 horas semanais. 

O trabalho envolve garantir que os princípios de direitos humanos estejam presentes na governança da internet e aconselhar sobre questões de ponta no que diz respeito à tecnologia e liberadade de expressão online. A pessoa trabalhará também com direitos digitais e na interseção entre direitos humanos e tecnologia. O/A chefe de digital coordenará uma equipe global de especialistas, então é fundamental que tenha experiência de gerenciamento de pessoas em nível sênior. 

Aliança pelo fortalecimento do movimento feminista lança edital


Em uma grande aliança em defesa dos direitos das mulheres, British Council, ONU Mulheres, Open Society Foundations e Fundo ELAS lançaram no dia 25 de julho o edital Building Movements – Feminismos Contemporâneos, que vai apoiar projetos de grupos de mulheres de todo o Brasil com enfoque na mobilização de mulheres para a defesa de seus direitos, formação política e ação feminista coletiva.

Serão selecionados projetos de todo o país que fortaleçam a luta por igualdade de gênero por meio de ações feministas coletivas que promovam diálogos intergeracionais e intermovimentos e a troca de experiências entre países da região da América Latina bem como com o Reino Unido.

Poderão concorrer ao edital grupos formais e informais de mulheres, e também redes de ativistas ou de organizações de mulheres, todas que se dediquem democraticamente à promoção e a defesa dos direitos das mulheres e/ou aos direitos humanos com experiência de pelo menos um ano de atuação.

Edital: Direitos Humanos e Justiça Criminal – Enfrentando a Prisão Provisória e o Encarceramento em Massa no Brasil


O Fundo Brasil de Direitos Humanos, a Fundação Oak e o Instituto Betty e Jacob Lafer convidam organizações da sociedade civil a apresentarem propostas de trabalho que visem o combate às violações de direitos humanos decorrentes dos abusos no regime de prisão provisória no âmbito do sistema de justiça criminal brasileiro.

Fundo Canadá recebe inscrições de projetos até 23 de junho


O Fundo Canadá recebe inscrições de projetos de iniciativas locais até 23 de junho, sexta-feira. Os projetos devem ser realizados entre 2017 e 2018.

O Fundo do Governo Canadense é voltado a projetos considerados modestos em escopo, escala e despesa, e privilegia inicativas comunitárias. O valor máximo de apoio é de 50.000,00 dólares canadenses por projeto. Mas a média varia de 10.000 a 25.000 dólares canadenses (R$ 25.000,00 a R$ 60.000,00).

As propostas de projetos deverão estar alinhadas a uma das Temáticas Prioritárias do Fundo Canadá: a) Empoderamento das mulheres e das meninas e promoção da igualdade de gêneros; b) Promoção do desenvolvimento humano, especificamente nas áreas de saúde, nutrição e educação; c) Defesa dos direitos humanos, da governança inclusiva e responsável, da democracia, do pluralismo pacífico e do respeito à diversidade; d) Estímulo ao crescimento econômico sustentável e verde; e) Promoção de esforços na área do meio ambiente, incluindo água e as mudanças climáticas; e f) Promoção da paz e segurança.

Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social


Iniciativas capazes de gerar soluções para desafios sociais podem se inscrever na 9ª edição do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2017, até 31 de maio. A participação é aberta a instituições sem fins lucrativos, como fundações, organizações da sociedade civil, instituições de ensino e pesquisa.

Nesta edição, o Prêmio terá seis categorias nacionais: “Água e Meio Ambiente”; “Agroecologia”; “Economia Solidária”; “Educação”; “Saúde e Bem-Estar” e “Cidades Sustentáveis e Inovação Digital”. O primeiro lugar de cada uma das categorias será premiado com R$ 50 mil e as 18 instituições finalistas vão receber troféu e vídeo retratando sua iniciativa. Além disso, as tecnologias sociais que promovem o protagonismo e o empoderamento feminino vão receber um bônus de cinco por cento na pontuação total obtida.

Delegação da União Europeia lança edital sobre sustentabilidade e biodiversidade


A Delegação da União Europeia lançou o edital “Conservação, uso sustentável e boa governança da biodiversidade em quatro biomas vulneráveis no centro da América do Sul”.

No centro da América do Sul, os ecossistemas das florestas secas Chiquitano e Tucumano, Cerrado, Chaco e no Pantanal no Brasil, Argentina, Paraguai e Bolívia, estão passando por um processo de degradação acelerada devido ao avanço da fronteira agrícola, a desenvolvimento de infra-estrutura e os efeitos das mudanças climáticas.

Conanda seleciona projetos para Fundo Nacional da Criança e do Adolescente


O Conanda e a Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente do Ministério dos Direitos Humanos publicaram o edital de chamamento público para a seleção de organizações da sociedade civil interessadas em celebrar Termo de Fomento para a execução de projetos voltados à promoção, à proteção e à defesa dos direitos humanos de crianças e adolescentes.

O Edital prevê o repasse de recursos do Fundo Nacional para a Criança e o Adolescente às organizações da sociedade civil que tiverem projetos selecionados. Serão contemplados até quinze projetos e as propostas devem ser apresentadas até 21 de maio, conforme as condições previstas no edital.

Serão repassados mais de oito milhões às propostas relacionadas a áreas de interesse como: política de fortalecimento de conselhos, enfrentamento da violência sexual contra crianças e adolescentes, convivência familiar e comunitária, SINASE, participação de crianças e adolescentes em espaços decisórios de políticas públicas e enfrentamento das violências psicológicas e físicas, da letalidade e da negligência contra crianças e adolescentes.

Prêmio Juliana Santilli vai contemplar iniciativas de agrobiodiversidade


Arte do PrêmioO ISA, a Associação Bem-Te-Vi Diversidade e a Editora Mil Folhas, do Instituito Internacional de Educação do Brasil (IEB), lançaram no dia 15 de março o Prêmio Juliana Santilli de Agrobiodiversidade. O objetivo é reconhecer e promover iniciativas, individuais ou coletivas, que fazem a diferença para a ampliação, a conservação, o acesso, a distribuição ou o uso de produtos da agrobiodiversidade. E premiar, ainda, a produção intelectual sobre o tema. As inscrições vão até o dia 20 de junho.

O prêmio é uma homenagem a Juliana Santilli, advogada e jornalista, sócia fundadora do ISA, pesquisadora colaboradora do Centro de Desenvolvimento Sustentável da Universidade de Brasília e professora do Curso de Direito Ambiental do IEB.