Cadernos

Andi e Intervozes lançam documento sobre o impacto de cenas de sexo e violência na TV em crianças


Andi e Intervozes publicam documento que apresenta informações extraídas dos principais estudos elaborados em diversos países sobre os impactos que a exposição a cenas televisivas de sexo e violência podem causar a crianças e adolescentes. Pesquisas com esse perfil vêm sendo desenvolvidas há várias décadas e concluem, majoritariamente, que o contato regular de garotos e garotas com conteúdos inadequados pode levar a sérias consequências, como comportamentos de imitação, agressão, medo, ansiedade, concepções errôneas sobre a violência real e sexualização precoce.

O documento completo está disponível para download, em PDF, no link abaixo.

Comunicado oficial: Cúpula dos Povos no Aterro do Flamengo


logo cupula dos povosDiante de recentes publicações na mídia, o Comitê Facilitador da Sociedade Civil Brasileira para a Rio+20 vem a público pronunciar-se sobre a negociação do local de realização da Cúpula dos Povos.

 

O Comitê reafirma a unidade da sociedade civil na organização da Cúpula. Os princípios do Comitê residem, acima de tudo, na integração em meio à diversidade das entidades que o compõem.

Dá para acreditar nas listas de tendências do Twitter?


Algumas tecnologias são como salsichas – consumimos sem saber exatamente de que são feitas, e preferimos não pensar nisso enquanto saboreamos o cachorro-quente. O artigo de Tarleton Gillespie que abre a edição mais recente da revista poliTICs trata deste fenômeno, em sua análise crítica e bastante razoável sobre as listas de tendências (trends) do Twitter – e sobre evidente ausência de neutralidade dos algoritmos que estão por trás delas.

Mulheres dizem não ao capitalismo verde


A crise de hoje não é apenas uma crise ambiental ou financeira, é uma crise do sistema. O padrão de consumo dos países industrializados só se mantém e se expande às custas da intensificação da exploração do trabalho e da apropriação privada da natureza. Mas a natureza não acompanha essa corrida para produzir e consumir cada vez mais. É uma lógica muito parecida com a do controle sobre o trabalho e a vida das mulheres: as mulheres são responsáveis pelo cuidado com a casa e com a comunidade e seu tempo é visto como flexível e inesgotável.

Saúde na Rio + 20


Ministério da Saúde lança documento orientador sobre o tema da saúde na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio + 20), lembrando que a Agenda 21, definida na Rio 92 como uma das ferramentas para desenvolvimento sustentável, refere-se explicitamente no seu capítulo 6 à proteção e a promoção da saúde humana, estabelecendo os objetivos de expandir a atenção primária à saúde, especialmente nas áreas rurais; o controle das doenças transmissíveis; a proteção dos grupos vulneráveis; a solução do problema sanitário urbano;

IPPUR lança o dossiê “Megaeventos e Violações de Direitos Humanos no Brasil”


O Laboratório Estado, Trabalho, Território e Natureza - ETTERN/IPPUR/UFRJ, participou da elaboração e coordenou a edição final do dossiê "Megaeventos e Violações de Direitos Humanos no Brasil", da Articulação Nacional dos Comitês Populares da Copa. O dossiê abrange temas como Copa, Olimpíadas e direito à moradia; acesso à informação e participação e representação populares, impactos ambientais; segurança pública e acesso a bens e serviços públicos - entre outros.

 

Autorepresentação indígena e a reformulação da política nacional


Face às pressões econômicas e sociais das últimas duas décadas, o Movimento Indígena Brasileiro tem visado uma transformação política em que a auto-representação poderia suplantar o neocolonialismo do discurso indigenista tradicional. Baseando-se na potencial compatibilidade da indigeneidade e da brasilidade, o ativismo político e cultural indígena demostra que um conceito indígena de soberania oferece uma oportunidade para superar a antiga condição de subalternidade e repensar o significado da pertinência nacional e da nacionalidade.

A questão indígena e o problema da soberania

Novo relatório sobre internet e democracia é dedicado às revoluções árabes


Com lançamento oficial em 10 de dezembro - Dia dos Direitos Humanos - o relatório Global Information Society 2011 investiga como os governos e empresas de telefonia móvel estão tentando restringir a liberdade online - e como os cidadãos estão respondendo a estas iniciativas, usando as mesmas tecnologias.

Muita gente está familiarizada com as histórias recentes no Egito e na Tunísia . Os/as autores/as do GISWatch 2011 contam essas e outras histórias menos conhecidas ,de mais de cinquenta países, incluindo : 

Estudo denuncia abordagem midiática preconceituosa com crianças vítimas de abuso sexual no Chile


Notícias com abordagem meramente policial e uso de termos pejorativos, como "menor”, são alguns dos fatores que denotam abordagem preconceituosa contra crianças vítimas de abuso sexual no Chile, segundo o monitoramento de imprensa realizado pela ONG Raízes entre janeiro e setembro deste ano.

ISA lança publicação sobre sistema de indicadores para Unidades de Conservação da Amazônia


O Instituto Socioambiental (ISA) está lançando o livro "Sistema de Indicadores Socioambientais para Unidades de Conservação da Amazônia Brasileira (SISUC)". A metodologia de avaliação e monitoramento estratégico detalhada na publicação, o SISUC, é destinada a apoiar o trabalho do Conselho Gestor de Unidades de Conservação (UCs), ampliar o controle social e fortalecer a gestão participativa dessas áreas protegidas na Amazônia. A publicação está disponível no endereço http://uc.socioambiental.org.