poliTICs 25 já está online


poliTICs 25Leia na poliTICs 25:

O professor Wolfgang Kleinwächter faz uma detalhada e muito bem informada revisão dos eventos e processos relacionados à governança da Internet em 2017 – um verdadeiro manual de navegação pelos assuntos e eventos atuais mais relevantes nos vários âmbitos internacionais em que se definem as políticas para a rede.

Trata das diferentes manifestações dos processos multissetoriais em situações de democracia representativa e em regimes autoritários. Em vista da diversidade e complexidade de assuntos, propõe uma nova abordagem para uma “agenda da governança da Internet” que organiza os temas em quatro “cestas”: cibersegurança; economia digital; direitos humanos; e tecnologia. Mas alerta que os temas estão relacionados entre si (“a Internet das coisas, [por exemplo], um assunto de tecnologia, é chave para a economia digital... e tem impacto maciço sobre nossa privacidade”).

O professor Marcos Dantas apresenta uma análise dos impactos da evolução da Internet na vida econômica, na política, na cultura e no comportamento social – uma evolução que instrumenta esses impactos e é realimentada por estes, distanciando-se cada vez mais da “Internet originária”. Dantas aprofunda o debate sobre uma ideologia da Internet, “um ideário... a respeito da potencialidade comunitária, colaborativa, participativa, além de autonomista e libertária da Internet”. Ao comparar a evolução da Internet com a dos meios de comunicação anteriores, como a radiodifusão – que passou de experimento compartilhado de radioamadores a sistemas operados por grandes empresas e altamente regulados –, Dantas pergunta: “por que agora, na Internet, a evolução político-econômica seria diferente da experiência passada?”

Edward Felten, pesquisador de Princeton, preocupado com a falta de compreensão da criptografia nos debates políticos e jurídicos, faz uma introdução simples e clara sobre como esta é implementada nos sistemas atuais, tanto na armazenagem como na transmissão de informações na rede. Em poucas páginas serve de referência técnica para a pessoa leiga interessada no debate político em torno do tema.

Boa leitura!