Plataforma por um marco regulatório para as organizações da sociedade civil


A ABONG e suas associadas têm como bandeira de luta histórica a criação de um marco legal para as organizações da sociedade civil,  tendo inclusive formulado uma proposta de Projeto de Lei que está disponível em nossa página na internet (www.abong.org.br). A formulação de um marco regulatório que torne as relações entre as organizações e o Estado mais claras e transparentes não é uma demanda somente nossa, mas sim de um leque de instituições que enxergam de forma semelhante essa necessidade. 

Trilhas Feministas na Gestão Pública


A Universidade Livre Feminista oferece o curso 'Trilhas Feministas na Gestão Pública'. O curso é aberto e livre, dirigido a feministas que atuam na gestão pública e que desejam ver essa atividade melhorada e mais sintonizada com sua ação política feminista. A Universidade Livre Feminista é um programa voltado a apoiar a formação de pessoas para o movimento feminista com o objetivo de ajudar na luta dos direitos sexuais e reprodutivos, pela igualdade de gêneros, defesa do Estado laico e pela construção de uma sociedade justa.

10/10/10: um dia para comemorar as soluções para o clima


A 10/10 é uma campanha que começou na Inglaterra em 2009 para ajudar e unir um movimento de cidadãos, escolas, organizações, governos e empresas para cumprir o ambicioso objetivo de reduzir as suas emissões em 10% até 2010.  A 350.org Brasil, está liderando nacionalmente a Campanha 10/10/10  para apoiar as pessoas que querem aderir a este objetivo, e para coordenar projetos de sustentabilidade em todo o Brasil no dia de Soluções Climáticas em 10/10/10. Já foram cadastrados mais de 1.700 eventos em mais de 140 países. Sugestões para organizar uma ação são: plantar árvores, promover projetos de energia solar, trabalhar em uma horta orgânica, organizar uma marcha ou bicicletada, limpeza de praças ou de praia, e muitas mais.

Projeto Mural abre inscrições para formação de correspondentes comunitários


O “Mural” é um projeto multimídia que abrigará textos e vídeos produzidos por “correspondentes comunitários”: alunos de jornalismo, blogueiros, jovens com alguma experiência em jornalismo e outros interessados egressos de comunidades de periferia e de regiões pobres. Em sua etapa atual, o plano é ofecer uma formação básica para que estes repórteres se tornem colaboradores fixos do “Mural”, postando conteúdos jornalísticos ligados à própria vivência. O projeto  visa fazer com que esses “correspondentes comunitários” possam oferecer, por meio da produção colaborativa de conteúdos multimídia, uma “visão de dentro” que acaba não entrando na pauta da grande mídia.
 

Disponíveis na Internet documentos e relatórios sobre o direito à moradia adequada


Estão disponíveis na Internet relatórios e demais documentos preparados pela Relatoria Especial da ONU para o Direito à Moradia Adequada. A iniciativa tem como objetivo facilitar o acesso a informações referentes ao trabalho da relatoria, criar um espaço de referência sobre o tema e um canal de comunicação direta com o público. O endereço é http://direitoamoradia.org.

Comunicação Comunitária: desenvolvimento local nas ondas do rádio


radio comunitariaDespertar a vontade de estar na rua, aprender sobre sua comunidade, ser atuante, cobrar e mostrar o que existe na “sua quebrada”, os talentos, a escola, o comércio e a identificação de cada problema são os objetivos desse trabalho e os alvos de uma rádio comunitária. Mas depois de ter esses sentidos aflorados, surgem as perguntas: como e o quê fazer? Qual o primeiro passo a seguir? Faço sozinho? Quem vem comigo? Sobre o que falar?

IAF recebe propostas para programa de doações


A Fundação Interamericana está recebendo propostas de organizações da sociedade civil de todo o Brasil para seu programa de doações. O foco do programa é conceder doações a entidades que buscam implementar soluções inovadoras de redução da pobreza. São financiados projetos de US$ 25.000 a US$ 400.000. Informações completas estão nos endereços http://www.iaf.gov/index/index_po.asp ou http://www.concepto.com.br/mmkt/liase/151009.html.

Prêmio para desenvolvimento de comunidades rurais através das TICs


O Arab Gulf Programme for Development [AGFUND] está com inscrições abertas para o Prêmio Internacional para Projetos Inovadores sobre Desenvolvimento Humano. Podem concorrer: agências das Nações Unidas; organizações nacionais e internacionais; ONGs; universidades de centros de pesquisa de todo o mundo. O tema desse ano é “Desenvolvimento de Comunidades Rurais através de Tecnologias de Informação e Comunicação”. O montante do prêmio é de U$ 500.000,00, distribuídos da seguinte maneira: U$ 200.000,00 (primeira categoria); U$ 150.000,00 (segunda); U$ 100.000,00 (terceira); e U$ 50.000,00 (quarta).

Programa Telecentros.BR divulga propostas selecionadas para sua primeira fase


telecentrosO governo federal divulgou nesta terça-feira, 27 de abril, a lista das iniciativas selecionadas na primeira fase do Programa Nacional de Apoio à Inclusão Digital nas Comunidades - Telecentros.BR. Foram avaliadas 1.071 propostas encaminhadas pelo Brasil inteiro. Os recursos do Programa são da ordem de R$ 165 milhões e o objetivo é apoiar a implementação de três mil centros gratuitos de acesso à internet, bem como fortalecer de outras cinco mil unidades em todo o paí­s.

Os Efeitos da Retaliação do Brasil aos EUA sobre Acesso a Medicamentos e Conhecimento


Acontece no dia dia 29 de abril, das 14h às 17:30h, na Sala dos Estudantes da Faculdade de Direito da USP o debate "Os Efeitos da Retaliação do Brasil aos EUA sobre Acesso a Medicamentos e Conhecimento".