I Oficina Nacional de Elaboração de Políticas Públicas de Cultura para Povos Tradicionais de Terreiros


Estão abertas as inscrições para selecionar participantes para a I Oficina Nacional de Elaboração de Políticas Públicas de Cultura para Povos Tradicionais de Terreiros. O evento, realizado pelo Ministério da Cultura, acontecerá de 27 a 30 de novembro, em São Luís, capital do estado do Maranhão. Serão abertas 140 vagas exclusivas para representantes de Povos Tradicionais de Terreiros, sendo 40 para participantes do Maranhão e 100 para pessoas de outros estados do país.

Disponível para download o livro "Alternativas ao uso de animais vivos na educação"


O livro "Alternativas ao uso de animais vivos na educação", de Sérgio Greif, esgotado para venda, agora está disponível para download gratuito no site do Instituto Nina Rosa. O livro trata da humanização do ensino da área da saúde através da substituição do uso de animais vivos (vivissecção) na educação por métodos alternativos (modelos, vídeos, softwares) que demonstram ser tão ou mais eficazes do que o uso tradicional de animais em laboratório. O endereço é http://www.institutoninarosa.org.br.

Para você, o que é ter boa aparência?


O Programa REconhecer, em sua 3ª edição, traz uma discussão sobre o mercado de trabalho. Como a sociedade percebe e aceita a mulher negra neste contexto social? Abrir essa discussão para uma maior compreensão da visibilidade das mulheres negras na roda de negócios é REconhecer sua capacidade de interagir e buscar soluções. Será que ter boa aparência é estar literalmente bem vestido? O programa recomenda: "REconheça sua identidade para que assim você venha a ser incluída dentro dos padrões físicos e estéticos da nossa sociedade".

FilmAmbiente - Festival Internacional do Audiovisual Ambiental


A primeira edição do FilmAmbiente, Festival Internacional do Audiovisual Ambiental, acontece no Rio de Janeiro, de 18 a 25 de novembro, reunindo as mais recentes produções nacionais e internacionais sobre questões ambientais de modo a provocar debates e contribuir para ampliar o conhecimento e a consciência sobre as mudanças comportamentais necessárias, de governos, empresas e indivíduos, pela a preservação da vida no planeta.

Jornalistas lançam campanha pela autodeclaração racial e étnica


A FENAJ – Federação Nacional dos Jornalistas acaba de lançar a campanha “Jornalista de verdade assume a sua identidade” - iniciativa assinada em conjunto com a EBC – Empresa Brasil de Comunicação, com apoio da ONU Mulheres. Além de reafirmar compromissos assumidos com a categoria e divulgar o Ano Internacional das e dos Afrodescendentes, a campanha faz parte de um esforço para gerar um debate mais amplo sobre o enfrentamento ao racismo e às desigualdades de gênero entre as/os jornalistas.
  

Mostra Cinema e Direitos Humanos vai até dezembro


Para um público cada vez mais interessado em opções cinematográficas fora do circuito comercial, vai até o dia 1º de dezembro, a 6ª Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul. Serão exibidas, gratuitamente, 47 produções em 26 capitais, além do Distrito Federal. Nas salas de apresentações, haverá acessibilidade para portadores de deficiência. Para garantir o acesso de deficientes visuais e auditivos, as sessões serão transmitidas com recursos técnicos como audiodescrição eclosed caption (legenda oculta, sistema de transmissão por sinal de TV).

Povos e comunidades tradicionais da Amazônia em exposição


O Projeto Nova Cartografia Social da Amazônia (PNCSA) abre, no dia 15 de outubro, a exposição Amazônia: Povos e Comunidades Tradicionais.

Explicando o Decreto sobre REA de São Paulo e suas implições legais e práticas


O projeto REA vem trabalhando desde 2008 para transformar a política pública de acesso a recursos educacionais financiados com orçamento público. Por isso, comemoramos os passos dados pelo Deputado Federal Paulo Teixeira, pelo Secretário de Educação de São Paulo, Alexandre Schneider, e o atual trabalho do Deputado estadual Simão Pedro nessa mesma direção. Todos eles, com apoio do Projeto REA, propuseram ou estão trabalhando legislação que incentiva REA e/ou adotaram a causa REA como parte de suas políticas públicas e na distribuição de recursos educacionais financiados por suas pastas.

Plataforma Dhesca apresenta relatório sobre impactos da exploração de urânio na Bahia


Impactos da mineração de urânio. Esse foi o tema da audiência pública realizada na manhã desta quinta-feira (6) na Comissão de Meio Ambiente da Câmara Federal, em Brasília. A discussão contou com a presença de representantes de comunidades atingidas e de movimentos e organizações sociais, como a Relatoria de Meio Ambiente da Plataforma Brasileira de Direitos Humanos Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais (Dhesca), que apresentou o Relatório da Missão Caetité: Violações de Direitos Humanos no Ciclo do Nuclear.

Estatuto da Juventude aprovado na Câmara


O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, no dia 6 de outubro, em votação simbólica, proposta que institui o Estatuto da Juventude, com princípios e diretrizes para o Poder Público criar e organizar políticas para jovens na faixa de 15 a 29 anos. O texto aprovado é um substitutivo da deputada Manuela d’Ávila ao Projeto de Lei 4529/04, de autoria da comissão especial de políticas públicas para a juventude. O texto final de acordo com as emendas acatadas e aprovadas ainda não foi disponibilizado. O Estatuto seguirá para tramitação no Senado Federal. Leia a íntegra do Estatuto da Juventude aprovado na Câmara.