Você está aqui

Pontos de vista

Um fermento na democratização do Brasil

por Cândido Grzybowski*

Terrorismo com a Democracia: carta ao senador Jorge Viana

Por Pedro Abramovay, em seu blogPrezado Senador Jorge Vianna,

Avanços da transparência, do controle e do combate à corrupção

por Antônio Augusto de Queiroz*O Brasil, desde a redemocratização, já avançou muito em termos de transparência, de controle e de combate à corrupção. Mas ainda está longe do pleno controle social e do fim da impunidade.Nessa perspectiva, é possível identificar, por governo, as principais iniciativas com o objetivo de ampliar a visitação pública às decisões governamentais e propiciar condições para a fiscalização e o controle.

Os rolezinhos são 'uma demanda por cidadania', ressalta a socióloga Fátima Jordão

Nos últimos dias proliferaram na internet, nos veículos impressos e nas emissoras de rádio e TVs opiniões e análises sobre os 'rolezinhos' nos shopping centers da capital paulista, muitas delas apontando esses encontros de jovens convocados por meio das redes sociais como um novo fenômeno sociocultural. Para a socióloga Fátima Pacheco Jordão, no entanto, "tratar esses movimentos como novos, como aconteceu em junho de 2013, resulta em diferentes análises sem que nenhuma delas dê uma explicação razoável ao processo.

O funesto império mundial das corporações

por Leonardo Boff*O individualismo, marca registrada da sociedade de mercado e do capitalismo como modo de produção, e sua expressão política, o neoliberalismo, revelam toda sua força mediante as corporações nacionais e multinacionais. Nelas vigora cruel competição dentro da lógica do ganha-perde.

O Brasil e a África negra

Por José Luís Fiori*

Pelo direito à manifestação

especial para o Canal Ibase, por Tiago Leão Monteiro*Quando me comprometi a escrever esse artigo, decidi que contaria minhas principais histórias, minhas principais desventuras. Ia contar sobre as inúmeras vezes que corri de bombas, que corri de volta por ter visto uma prisão, que levei “sprayzada” de pimenta, que fui intoxicado por gás lacrimogêneo, que tive minhas prerrogativas de advogado violadas, que levei escudadas do Choque e muito mais.

Liberdade, dinheiro, neutralidade

Por Silvio Meira* Leia isso: “Não estamos falando de liberdade, mas sim do velho e bom dinheiro, de modelo de negócios”. Sabe quem disse? O vice-presidente da TIM. sabe do que ele está falando?… de neutralidade de rede. e isso? “As operadoras não podem ser tratadas como um tubo”. Idem. Sobre? Bem… sobre as operadoras serem… apenas um tubo.

Páginas

Theme by Danetsoft and Danang Probo Sayekti inspired by Maksimer