Mães protestam contra ração humana de Doria em ato em São Paulo


Mães com filhos matriculados no ensino público da rede municipal paulistana estão mobilizadas contra a distribuição da “ração humana” do prefeito João Doria (PSDB) na merenda escolar. Elas organizaram para ontem (19) o “Primeiro Ato Contra Ração Humana na Merenda de Nossos Filhos”. A manifestação, que conta com mais de 7 mil interessados inscritos no Facebook, começou às 18h no vão livre do Masp, na Avenida Paulista, região central da capital.

11 anos da Losan – Hora de relembrar, celebrar e protestar


Foto:LiadePaula/MDSA

Por Maria Emília Lisboa Pacheco*

A Lei Orgânica da Segurança Alimentar e Nutricional (nº11.346 de 15 de setembro de 2006) é um conquista cidadã, fruto de lutas e mobilização social. Guarda um significado estratégico ao articular dimensões sociais, culturais, econômicas, ambientais e culturais como política de estado para a garantia do Direito Humano à Alimentação Adequada.

‘Se houver mudança na lei, mulheres serão prejudicadas’, diz Maria da Penha


A farmacêutica Maria da Penha, 71 anos, que dá nome à lei de combate à violência doméstica, disse que no início viu com bons olhos o projeto que busca mudar o texto da legislação. Depois, ao se inteirar, afirmou que se preocupa com a mudança “inconstitucional” e pede que o presidente Michel Temer (PMDB) vete parcialmente o projeto. Entidades do judiciário e de direitos humanos também pediram o veto.

ABIA lança campanha de crowdfunding para livro duplo sobre a AIDS


A Associação Brasileira Interdisciplinar de AIDS (ABIA) acaba de lançar uma ação pioneira para a causa da AIDS: a sua 1ª campanha de crowdfunding “ABIA: livro duplo para o combate a AIDS”.

Dados recentes indicam que cresceu o número de novos casos de AIDS  no Brasil, o que coloca o país entre as 25 nações que preocupam organismos internacionais. Sabemos que o acesso à informação é a melhor forma de prevenir, por isso contamos com sua colaboração para a impressão de uma edição especial (2 em 1) de 2 livros raros: Vida Antes da Morte (Herbert Daniel) e  A terceira Epidemia (Herbert Daniel e Richard Parker).

      

“Há uma coisa dentro de mim, contagiosa e mortal, perigosíssima, chamada vida, lateja como um desafio.” Herbert Daniel

Professores, alunos, pais e artistas ocupam a Av. Paulista em defesa da educação


Educadores, estudantes e suas famílias comemoram o Dia dos Professores na Avenida Paulista neste domingo (15) com ato em defesa da escola pública inclusiva e de qualidade. Com muita música, o evento também marca o lançamento do Movimento em Defesa da escola pública e da valorização dos professores, que têm sido alvos do ajuste fiscal dos governos em todas as esferas.

O bloco Ilu Obá de Min deu o tom inicial da festa, entoado o batuque africano comandado por mulheres.

Para Vicenta Maria, que participa da Apeosep, sindicato dos professores do ensino público no estado de São Paulo, o canto do grupo Ilu representa a diversidade religiosa e o respeito que deve prevalecer nas escolas: "Somos um país laico. Todas as religiões são importantes."

Rede de Comunicadores/as da Sociedade Civil pela Defesa de Direitos se articula contra retrocessos no campo dos direitos humanos e em resistência a concentração do sistema midiático


Nos dias 25 a 29 de setembro, em São Paulo, aconteceu o Encontro de Comunicadores/as da Sociedade Civil pela Defesa de Direitos. O objetivo da atividade foi fomentar a articulação do núcleo facilitador de uma rede de comunicadores/as de Organizações da Sociedade Civil (OSCs) para a defesa de direitos, cujo objetivo essencial é pautar, organizar e disseminar para um público amplo a produção de conteúdos sobre direitos, além de construir e trocar experiências e estratégias inovadoras e eficazes de mobilização social, promover a formação de comunicadores/as sociais, bem como compartilhar ferramentas e boas práticas neste campo político.

Ruralistas querem extinguir áreas protegidas quando governo não indenizar proprietários


Reportagem atualizada em 10/10/2017, às 12h10. Veja errata no fim da reportagem

Ruralistas querem aprovar um projeto, no Congresso, que prevê a extinção automática de Unidades de Conservação (UCs) caso o governo não indenize, em cinco anos, propriedades privadas sobrepostas a essas áreas. A proposta ameaça a criação de novos parques e reservas por causa do orçamento público cronicamente baixo para a área ambiental. Hoje, não há prazo para a desapropriação dos proprietários com terras em UCs.

Manifesto de chamamento ao Fórum Alternativo Mundial da Aguá 2018


O  Fórum Alternativo Mundial da Água (FAMA 2018) acontecerá entre os dias 17 e 22 de março de 2018, em Brasília. Nos dias 17, 18 e 19 as atividades acontecerão na Universidade de Brasília e entre os dias 20 e 22 serão realizadas atividades descentralizadas

É um evento internacional, democrático e que pretende reunir mundialmente organizações e movimentos sociais que lutam em defesa da água como direito elementar à vida.

Este  Fórum pretende unificar a luta contra a tentativa das grandes corporações em transformar a água em uma mercadoria, privatizando as reservas e fontes naturais de água. tentando transformar este direito em um recurso inalcançável  para  muitas populações, que, com isso, sofrem exclusão social, pobreza e se vêm envolvidas em conflitos e guerras de todo o tipo.

Várias entidades brasileiras e internacionais se reuniram e decidiram impulsionar este evento, como continuidade de Fóruns Alternativos anteriores, como os realizados em Daegu, na  Coreia do Sul, e em Marselha, na França.

Belo Horizonte recebe feira de produtos agroecológicos, arte e cultura


Depois da gratificante experiência no ano 2016, o Festival de Arte e Cultura da Reforma Agrária, chega pela segunda vez à Belo Horizonte, para compartilhar as cores, cheiros, músicas e sabores da cultura Sem Terra. O Festival é a quarta etapa do Circuito Mineiro de Arte e Cultura da Reforma Agrária que, desde o dia 2 de setembro passou pelas cidades de Governador Valadares, Montes Claros e Alfenas.

Sob o lema “Alimentar a luta, cultivar a arte!” o Festival contará com apresentações musicais, sarau de poesia, mostra fotográfica e de artes plásticas das escolas do campo, além da Feira da Reforma Agrária. A previsão é de cerca de 80 toneladas de alimentos e mais de 150 produtos diferentes, industrializados e in natura, produzidos em assentamentos e acampamentos de forma agroecológica e orgânica. Merecem destaque as delícias da Cozinha da Roça, com mais de 20 pratos típicos do interior e de estados convidados, como Goiás, Bahia, Espírito Santo e Distrito Federal. Tudo a preços acessíveis, direto do produtor para o consumidor.

Documentário Piripkura é exibido no Festival do Rio


Nos dias 7, 8 e 9 de outubro, o documentário Piripkura, dirigido por Mariana Oliva, Renata Terra e Bruno Jorge, estreia, na Première Brasil, Festival do Rio, um dos principais eventos de cinema do Brasil. As exibições acontecem no Cinépolis Lagoon, Cine Odeon e Kinoplex São Luiz em diferentes horários e, no dia 08 de outubro, haverá um debate após a exibição com a presença dos diretores e representantes de movimentos que atuam pelo reconhecimento e defesa dos direitos dos povos indígenas.