Você está aqui

Destaque

UNICEF: investimento na adolescência para romper os ciclos da pobreza e da iniquidade

Investir na proteção e no desenvolvimento da população mundial de 1,2 bilhão de adolescentes pode romper ciclos de pobreza e iniquidade, segundo o relatório global do UNICEF Situação Mundial da Infância 2011 – Adolescência: Uma fase de oportunidades. O relatório inova nesta edição ao abordar a adolescência como um período de oportunidades, invertendo a lógica que costuma reduzi-la a uma fase de riscos e vulnerabilidades.

Cientistas criticam argumento de produtividade para alterar o Código Florestal

Cientistas da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e da Associação Brasileira de Ciência (ABC) sustentaram que as alterações do Código Florestal previstas no substitutivo do deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP) ao Projeto de Lei 1876/99 serão desastrosas para a preservação ambiental no Brasil.

Pesquisa Mulheres brasileiras nos espaços público e privado 2010

A pesquisa Mulheres brasileiras e gênero nos espaços público e privado realizada em 2010 pela Fundação Perseu Abramo, por meio de seu Núcleo de Opinião Pública, e em parceria com o SESC, apresenta a evolução do pensamento e do papel das mulheres brasileiras na sociedade. Entre os temas abordados no estudo estão: Percepção de Ser Mulher: Feminismo e Machismo; Divisão Sexual do Trabalho e Tempo Livre; Corpo, Mídia e Sexualidade; Saúde Reprodutiva e Aborto; Violência Doméstica e Democracia, Mulher e Política.

Mulheres são maioria entre jovens fora da escola e do mercado de trabalho

Uma parcela da população brasileira entre os 18 e 24 anos do país não estuda e nem trabalha. São cerca de 3,4milhões de jovens que representam 15% dessa faixa etária, apurou a repórter Amanda Cieglinski. Estudo do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) mostra que as mulheres são as mais afetadas por esse problema, muitas vezes em função da maternidade e do casamento.

A rota das armas até o crime

Cerca de 16 milhões de armas de fogo circulam hoje no Brasil, sendo 8,4 milhões legais (52,4%) e 7,6 milhões ilegais (47,6%), segundo dados do Sistema Nacional de Armas (Sinarm) computados até setembro de 2010. Deste total, a sociedade civil detém aproximadamente 14 milhões (87%) e o Estado cerca de 2 milhões (13%).

ACNUR lança cartilhas com orientações sobre refúgio no Brasil e direito internacional dos refugiados

O escritório do ACNUR no Brasil lançou a versão em português da publicação "Direito Internacional dos Refugiados: Programa de Ensino", inicialmente publicada em espanhol, e a cartilha "Direitos e Deveres de Solicitantes de Refúgio no Brasil".

Atividades lembram que 25 mil brasileiros/as encontram-se trabalhando como escravos

28 de janeiro é o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo. O objetivo da data é centralizar manifestações que sensibilizem e alertem a sociedade sobre a realidade do trabalho escravo, uma prática que insiste em explorar e escravizar pessoas para simples obtenção de lucro.

Apesar de preocupação, brasileiros desconhecem sustentabilidade

Em 1995, um episódio da série televisiva Simpsons mostrava o diálogo da família mundialmente famosa ao comprar uma televisão. Quando a filha pergunta à mãe se não podem levar o aparelho certificado, ela responde: “Filha, você sabe que não podemos pagar produtos com filosofia”. 

Site do ACNUR-Brasil publica cartilha sobre direitos da mulher

A cartilha "Diretios da Mulher", recém publicada no site da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR), foi desenvolvida no marco da iniciativa "Amazonaids Mulheres" do programa conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS.

Campanha Nacional pelo Direito à Educação critica projeto do Executivo Federal para o PNE 2011-2020

A Campanha Nacional pelo Direito à Educação, em uma análise preliminar do Plano Nacional de Educação (PNE) 2011-2020 - lançado no dia 15 de dezembro, lançou um manifesto em que critica algumas das metas tidas como tímidas.

Páginas

Theme by Danetsoft and Danang Probo Sayekti inspired by Maksimer