Você está aqui

Destaque

Guía: Evaluación de género para telecentros

La guía Evaluación de género para telecentros refleja los aprendizajes colectivos alcanzados en telecentros en Colombia, Mali, Perú, Filipinas y Uganda, que usaron el manual Metodología de evaluación de género para internet y TIC para fortalecer su perspectiva de género en la planificación, monitoreo y evaluación de proyectos.

III Fórum de Mídia Livre reafirma papel central da comunicação no mundo

Participantes do III Fórum de Mídia Livre, realizado no âmbito do Fórum Social Temático, nos dias 27 e 28 de janeiro, em Porto Alegre (RS), reafirmam, em carta, o reconhecimento da comunicação como direito humano e social e um bem comum, cuja defesa deve ser objeto da luta das mídias livres, do conjunto dos movimentos sociais e da sociedade como um todo.

Pela transparência e democratização do poder judiciário

Organizada pela JusDH – Articulação Justiça e Direitos Humanos, e assinada por cerca de 200 entidades de direitos humanos e 100 personalidades, a Carta Aberta pela Democratização e Transparência do Judiciário vem sendo reconhecida como uma das maiores mobilizações da sociedade em torno de uma questão ligada à justiça e ao Poder Judiciário.

Declaración de la Asamblea de movimientos sociales do Fórum Social Temático 2012

O Fórum Social Temático (FST) se inscreve no processo do Fórum Social Mundial e é uma etapa preparatória a Cúpula dos Povos na Rio+20. O evento acontece do dia 24 a 29 de janeiro de 2012 e foi sediado por Porto Alegre e cidades da região Metropolitana – Gravataí, Canoas, São Leopoldo, e Novo Hamburgo. Como um espaço aberto e plural, a programação do Fórum é  fundamentalmente constituída por atividades propostas e geridas por movimentos, coletivos e organizações da sociedade civil, relacionadas ao tema “Crise Capitalista, Justiça Social e Ambiental”.

Protesto contra SOPA e PIPA

SOPA é a sigla em inglês para Stop Online Piracy Act – um projeto de lei que tramita no Congresso norte-americano que tem por objetivo combater a “pirataria” através de medidas draconianas, como o bloqueio de sítios Web e sua retirada da rede, a censura a conteúdos publicados que supostamente estejam infringindo direitos autorais (mesmo sem que haja o devido processo legal determinando que houve a infração).

LAESER faz levantamento da violência contra mulheres com recorte de cor ou raça

A publicação eletrônica Tempo em Curso, do LAESER (Instituto de Economia/UFRJ), traz um levantamento inédito sobre indicadores de violência contra a população femina do país desagregado pelos grupos de cor ou raça. Na média dos anos de 2009 e 2010, a cada dia, praticamente 91 mulheres registraram às autoridades de saúde terem sofrido alguma forma de violência, seja esta física, psicológica, sexual etc.

Informe da Comissão Interamericana de Direitos Humanos sobre Acesso à Informação em temas reprodutivos.

Publicado em dezembro de 2011, o relatório da CIDH afirma que as mulheres no continente americano ainda enfrentam diversas barreiras para conseguir ter acesso a informação sobre saúde, em especial sobre saúde sexual e reprodutiva - em especial, as mulheres historicamente marginalizadas por questões de raça, etnia, situação econômica e idade.

Relatório da ONU fornece diretrizes para cumprir metas de emissões de gases de efeito estufa até 2020

Relatório das Nações Unidas divulgado no dia 23 de novembro fornece aos formuladores políticos orientações técnicas e economicamente viáveis sobre como reduzir os gases de efeito estufa (GEE) para que os governos possam cumprir suas metas ambientais até 2020.

AIDS: retrocesso no Brasil?

A redução da verba para a campanha do Dia Mundial de Combate à AIDS de R$ 6,5 milhões para R$ 1,5 milhões e a submissão da campanha à Frente Parlamentar da Família, noticiada no dia 20 de novembro na coluna do Ancelmo Gois (Jornal O Globo) é mais um exemplo do retrocesso vivido na luta contra a epidemia de HIV/AIDS no Brasil.

Agrotóxicos são a segunda maior fonte de contaminação da água

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou no último dia 19 de outubro, um estudo sobre o saneamento básico no país. Nele, um fato soa um tanto quanto curioso: constata que os resíduos de agrotóxicos são a segunda principal fonte de contaminação das águas brasileiras, atrás apenas do esgoto sanitário. A análise apresenta ainda que, com 6,24%, os agrotóxicos ficaram a frente dos despejos industriais e da atividade mineradora como origens de contaminação. O uso indiscriminado dessas substâncias acaba afetando tanto a vida quanto a saúde da população.

Páginas

Theme by Danetsoft and Danang Probo Sayekti inspired by Maksimer